A conhecerGastronomiaSocial

Sai de Baixo Alto Astral: Vais querer ir para debaixo da ponte!

Aqui encontras paz, um ambiente caseiro e boa comida brasileira.

É debaixo da ponte da via rápida, no Porto Novo, freguesia de Gaula (Santa Cruz), que assenta há já 7 anos o Sai de Baixo Alto Astral. Este é um negócio de família que já vem de trás, na altura com morada em Água de Pena e apenas com o nome “Sai de Baixo”. Em conversa com o proprietário do estabelecimento, o brasileiro Carlos Sá, a NIM ficou a conhecer um pouco melhor a história deste projeto.

O proprietário Carlos Sá durante uma atuação

O nome do estabelecimento inspirou-se no famoso programa de humor brasileiro “Sai de Baixo”, com o objetivo de transmitir aos clientes que este seria um espaço marcado pela boa disposição e pela alegria.Com cerca de 20 anos de existência, o Sai de Baixo teve alguns interregnos, o que fez com que no seu regresso, acerca de 7 anos, o dono quisesse dar uma nova designação: Sai de Baixo Alto Astral. Esta designação remodelada teve como intenção aludir a uma ideia de recomeço e de positividade para esta “segunda vida” do projeto.

Este lugar é muito mais do que um simples bar ou restaurante, é um conceito ideal para quem procura uma sensação de paz e de tranquilidade. Quem visita este sítio, pela primeira vez, nem se apercebe que é ali mesmo o tão procurado espaço, visto que aparenta ser uma simples casa, e que na verdade acaba por ser. Neste estabelecimento peculiar é possível encontrar as várias divisões de uma casa tradicional. Tem um quintal ao ar livre, com um piso de areão, que serve de esplanada, outros dois quintais cobertos, para quem procura um espaço mais abrigado, uma despensa, que serve como mercearia de produtos brasileiros, e ainda uma sala de estar, que oferece um maior conforto, nesta experiência caseira, que Carlos Sá refere ser uma das imagens de marca do estabelecimento. Digamos que quem visita este espaço depara-se com um “pequeno Brasil” dentro da Madeira.

O Sai de Baixo Alto Astral é um sítio propício para passar o dia, oferecendo várias atividades e espaços, devidamente sinalizados através de tabuletas feitas em madeira. Nas traseiras do estabelecimento encontras um campo de voleibol de praia, onde podes te entreter, enquanto na parte da frente podes te banhar na límpida água do mar, a escassos metros do bar/restaurante. Se fores mais aventureiro tens sempre a opção de acampares no espaço envolvente. Este lugar é recomendado para todas as idades e para os mais distintos grupos, desde famílias, grupos de amigos, casais ou mesmo quem queira ir sozinho. Aqui vivencia-se um ambiente exótico, criativo, diferenciado e ecológico, com uma decoração à base de objetos reutilizados e de diferentes plantas, que acrescentam cor e harmonia ao espaço

No que toca à gastronomia, o Sai de Baixo Alto Astral carateriza-se pela comida típica brasileira e por refeições de grupo, que devem de ser reservadas com antecedência. Existem dois menus disponíveis (um de 22€ e outro de 25€). O menu de 22€ contempla a caipirinha, como aperitivo, o prato principal (a picanha não está incluída neste menu), bebidas (sumos, águas, sangria, cerveja ou vinho), enquanto que por mais 3€ é possível pedir a picanha, bebidas e guarnição à discrição. Os quatro pratos aqui confecionados são a picanha acompanhada de arroz e feijão preto (receita familiar com mais de 30 anos), a moqueca (prato típico do nordeste brasileiro) de marisco ou de peixe, a feijoada brasileira (carne de porco ou vaca) e ainda um prato vegano (feijoada ou lasanha vegetariana).

Este local é também muito procurado pelo convívio e por experiências socioculturais, como concertos, festas temáticas e atuações de diversos artistas, dos mais variados estilos musicais. Carlos Sá salienta que as sextas e os sábados são os dias mais fortes, o que faz com este, que inclusive também é músico e atua neste espaço, convide outros artistas para animar as noites do Sai de Baixo Alto Astral ao som do reggae, música eletrónica e principalmente música popular brasileira, como são os casos da bossa nova, do samba, do forró e do pagode.

Para terminar, não podes deixar de provar a bebida da casa: a famosa caipirinha do Brasil (bebida à base de cachaça, limão, açúcar e gelo). Tens ainda outras variantes da caipirinha, como por exemplo as caipiroscas (vodca, açúcar e pedaços de lima espremidos) ou as morangoskas (igual à caipirosca, mas com morangos cortados).

Esta casa tem as portas abertas de 3.ª feira a domingo, com um horário das 14h00 às 00h00, à exceção do fim de semana que abre uma hora mais cedo devido a uma maior procura para almoços. Às sextas-feiras e aos sábado o horário prolonga-se até às 02h00, convidando os clientes a um serão mais alargado. No caso de reservas para grupos, o Sai de Baixo Alto Astral abre em qualquer dia.

Visita este lugar e deixa-te contagiar pelas boas energias. Vais desejar não sair debaixo!

 

Redes sociais:

https://pt-pt.facebook.com/saidebaixorestauranteebar

https://www.instagram.com/saidebaixoaltoastral/

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button