A conhecer

Fajã dos Padres: Um pequeno paraíso na Terra

Numa perfeita simbiose, este local paradisíaco combina paisagens agrícolas com a paisagem marítima, deixando qualquer um maravilhado e envolto num misto de surpresa e satisfação.

Se existe paraíso na terra, esse paraíso é certamente na Fajã dos Padres. Situada na freguesia do Campanário, concelho da Ribeira Brava, a Fajã dos Padres é uma autêntica “ilha dentro da ilha”.

O nome da fajã poderia perfeitamente estar associado ao facto de ser um sítio divino, mas, na verdade, advém do facto de ter pertencido aos padres da Companhia de Jesus durante mais de 150 anos. Na sua passagem pela fajã, os Jesuítas deixaram marcos notórios, desde as casas características ao famoso vinho Malvasia. Além dos Jesuítas, esta fajã foi  habitada por colonos madeirenses, chegando a contar com uma população de cerca de 50 habitantes.

A Fajã dos Padres tem uma particularidade muito interessante, é um local cujo acesso é diferente do habitual. Só existem quatro maneiras de lá chegar: de teleférico, através de um elevador panorâmico, por via marítima ou através de canyoning, esta última só recomendável para os praticantes experientes.

O teleférico encontra-se a cerca 300 metros de altura, e a viagem dura aproximadamente 2 minutos e meio, desde o topo da encosta (local onde podes deixar estacionada a tua viatura) até à zona da fajã, junto ao mar. Este equipamento encontra-se em funcionamento diariamente entre as 10h e as 19h, no verão, e das 10h às 18h, durante o inverno. Devido ao atual cenário pandémico, as cabines estão limitadas a uma família ou a 50% da capacidade, sendo necessário utilizar máscara de proteção durante a viagem e desinfectar as mãos antes de iniciá-la. Quanto aos preços, o acesso é gratuito para crianças até aos 11 anos e para os restantes o custo é de 10€ por pessoa.

Fotografia: Facebook Fajã dos Padres

Caso optes pelo elevador, podes contar com uma descida de 180 degraus para chegar até a plataforma, pelo que não é recomendável a quem tenha mobilidade reduzida. A viagem descendente percorre 300 metros e dura aproximadamente 4 minutos, acompanhando a encosta da enorme falésia até à Fajã dos Padres. O elevador possui uma janela panorâmica que permite apreciar cada momento da descida, ver a costa sul da Ilha da Madeira até à Ponta do Sol, a pequena baía da Fajã, ou simplesmente o mar, até ao horizonte. O elevador funciona entre as 10h e as 18h, de segunda a quinta-feira, prolongando-se até às 19h de sexta-feira a domingo, no verão, e todos os dias das 10h às 18h, no inverno. A viagem de ida e volta tem um custo de 7,5€ por pessoa e é gratuita para crianças até aos 11 anos. Tal como na viagem de teleférico, é necessário utilizar máscara de proteção e higienizar as mãos.

Se preferires ir de barco, é necessário alugar um ou fazer um passeio com uma empresa de animação turística que disponibilize este serviço. A embarcação “Malvasia – Fajã dos Padres”, por exemplo, transporta 10 passageiros e faz transfers diários desde o Funchal, a 10€ por pessoa, ou desde Câmara de Lobos, com custo de 15€ por passageiro. No caso das crianças até aos 2 anos a viagem é gratuita. De modo a garantir a segurança de todos, deves fazer-te acompanhar de máscara de proteção durante a viagem e desinfectar as mãos à entrada.

Fotografia: Facebook Fajã dos Padres

No caso de seres experiente em canyoning, esta opção é perfeita para ti. O percurso demora cerca de 2h e é feito através da Ribeira da Quinta Grande até à Fajã dos Padres. O mesmo conta com um desnível de 250 metros desde o cume da falésia até ao mar, incluindo, pelo meio, dois grandes desníveis de 100 e 120 metros, daí que só seja recomendável para praticantes experientes da modalidade. Além do enorme desafio e das vistas de cortar a respiração, tens como recompensa um apetecível banho de mar à chegada.

Fotografia: Website Fajã dos Padres

Ao chegar ao Sopé, és envolvido pela natureza e conduzido por entre as plantações até a entrada principal da Fajã dos Padres. Aqui podes encontrar um restaurante, que oferece produtos de agricultura biológica local, duches de água doce, casas de banho e área de convívio para os banhistas, com espreguiçadeiras e guarda-sóis que podem ser alugados para um maior conforto.

Fotografia: Facebook Fajã dos Padres

Nesta fajã, onde a terra encontra o mar, podes vislumbrar vastos terrenos agrícolas com plantações biológicas de diversos frutos exóticos, como a banana, mango, papaia, pêra abacate, pitanga, araçá, figo, tabaibo, maracujá, tamarilho e também hortícolas, a apenas um passo do mar. Além de todas as frutas acima referidas, há também a famosa casta de vinha Malvasia, esta dá origem ao vinho com o mesmo nome,  cuja reputação ultrapassou as fronteiras de Portugal e chegou à Inglaterra, Estados Unidos e até à Rússia. É possível fazer a prova do vinho numa adega centenária que mantém a sua original disposição, na cave da antiga capela, bem como provar as frutas  biológicas, no restaurante, introduzidas nos pratos típicos da região, ou caso seja feita uma reserva da opção “Visita Guiada com Prova de Fruta”, através da página de internet da Fajã dos Padres .(https://www.fajadospadres.com/faja/index.php/pt/reserva-pt)

A Fajã dos Padres oferece, ainda, uma frente de praia de calhau rolado em toda a sua extensão que, apesar de não ser vigiada, é uma praia muito sedutora, pelo fácil acesso ao mar e pela temperatura amena das suas águas durante  o ano inteiro. A transparência das águas e a variedade de espécies junto à costa convidam também à prática de mergulho. Para complementar, há um  pequeno cais que facilita o acesso ao mar, bem como a acostagem dos barcos que transportam os visitantes.

Fotografia: Facebook Fajã dos Padres

Além da visita diária a este lugar incrível, tens a possibilidade de ficar hospedado numa das 8 casas antigas que lá existem: a Casa do Barco, a Casa do Marinheiro, o Bungalow, as Casas do José Soldado, a Casa da Vinha, a Casa da Júlia, a Casa da Seifia e a Casa da Tia Maria. Outrora lar dos Jesuítas e colonos da ilha da Madeira, estas pitorescas casas foram reabilitadas para o turismo rural e apresentam as condições ideais para uma confortável estadia, sem terem perdido os traços rústicos e originais que as caracterizam. Assim, podes mergulhar neste local de forma mais profunda, experienciar cada sensação e conhecer cada recanto da melhor forma, desfrutando gratuitamente do elevador e do teleférico, inclusive fora do horário normal de funcionamento, mediante contacto prévio com os respectivos operadores.

Seja para passares um dia diferente, em contacto com o melhor que a natureza tem para te dar e a fechar com um magnífico pôr do sol, ou para ficares hospedado numa das acomodações disponíveis, para umas férias em família ou para uma escapadela romântica, longe da vida citadina e em harmonia com a natureza, a Fajã dos Padres é a opção ideal.

Para acabares o verão da melhor forma, a NiM recomenda que dês um saltinho a este pequeno paraíso!

Redes Sociais:

https://www.fajadospadres.com/faja/index.php/pt/

https://www.instagram.com/fajadospadres/

https://www.facebook.com/Faj%C3%A3-dos-Padres-200143818412

User Rating: 4.74 ( 4 votes)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button